A B C D E F H I J L M N O P Q R S T U V

DICIONÁRIO   FINANCEIRO

Hedge Um movimento de proteção ou estratégia para diminuir o nível de risco de uma determinada posição. Trata-se de uma operação financeira que pode ser realizada de diversas maneiras (por exemplo, através de opções ou derivativos) para proteger uma determinada posição contra indesejáveis variações futuras, por exemplo, fazendo um investimento de igual valor, mas em outro mercado. Os profissionais do mercado financeiro usam muito a expressão "fazer um hedge" ou "hedgiar" significando que estão tomando medidas preventivas para diminuir um determinado risco presente ou futuro. No caso do investidor individual, "fazer um hedge" na sua carteira de investimentos, pode significar que ele está investindo num fundo de alto risco e, como contrapartida, vai fazer uma outra aplicação num fundo muito conservador para "hedgiar" sua posição global. "Hedgiar"uma posição significa que não se pode ganhar o máximo durante todo o tempo em todos os investimentos, por isso, quando se "faz um hedge" está se abrindo mão de uma probabilidade de ganho total (e seu consequente risco) em prol de um menor risco, com ganho menor.
Hedge Fund Fundo hedge é um fundo que não se limita a investir em ações, debêntures e títulos do governo. Além disso, faz operações para se proteger ante possíveis quedas dos ativos nos quais o fundo investiu.
High Yield Alta taxa de retorno. Os empréstimos em que as empresas pagam juros sensivelmente altos e que usualmente são feitos no mercado europeu, são classificados como de High Yield.
Hipótese de Mercados Eficientes Quando há concorrência perfeita nos mercados. Todos os agentes têm as mesmas informações, as taxas de retornos são constantes e estão em equilíbrio.
Holding (empresa) Aquela que possui, como atividade principal, participação acionária em uma ou mais empresas.