PITA

Nome comum: Pita
Nome em inglês: Banded pitta
Nome científico: Pitta guajana
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Pittidae
Comprimento: 15 a 20 cm. Cauda muito curta
Características: Patas fortes
Ovos: 2 a 5 ovos
Todas as pitas têm plumagem esplêndida, de diversas cores (azul, vermelha, amarela, verde).

Algumas espécies têm ainda uma "meia-máscara" negra que vai do bico até a nuca. O corpo é pequeno e rechonchudo, e a cauda, bastante curta. Existem 25 espécies de pita e a maioria delas é encontrada no sudeste asiático e na Indonésia. Embora passe a maior parte do tempo no chão, essas aves geralmente são migratórias e capazes de cobrir grandes distâncias. As pitas alimentam-se de insetos, vermes e caracóis que encontram no meio das folhas mortas no chão da floresta. Todas as espécies são extremamente vorazes. Fora da época de reprodução, as pitas são animais solitários. Elas constroem o ninho numa árvore, utilizando galhinhos e fibras, com uma entrada de lado e um pequeno corredor. Os pais se revezam para chocar os ovos, cujo número varia de 2 a 5.

PINTASSÍLGO
Construtor de ninhos retardatários

Nome comum: Pintassilgo
Nome em inglês: Siskin
Nome em japonês: MAHIWA
Nome científico: Carduelis spinus
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Frigillidae
Comprimento: 13 cm
Vôo ondulante
Gregário - é freqüente encontrar-se muitos indivíduos juntos.
 

No início da primavera, os pintassilgos voltam a seu lugar de origem para construir os ninhos e apresentam um belo espetáculo. O macho é um lindo passarinho, com o peito coberto por um colete de amarelo-limão. As asas e a cauda são pretas, marcadas de branco. A cabeça tem um "chapéu" bem preto. A fêmea não é tão bonita: tem coloração amarelo - pálida embaixo e as partes de cima são amarelo- oliva, com riscas marrons. Os pintassilgos começam a fazer 
seus ninhos muito tarde e a construção pode avançar até o verão. Os ninhos são feitos de grama, casca de árvores e talos e forrados com penugem, em geral são construídos perto do chão, numa forquilha de arbusto ou árvore. Os ovos são de cor azul- pálida. Durante o verão, os pássaros gostam de áreas arborizadas, onde se alimentam de 
ervas, sementes de coníferas e alguns insetos. Sementes parcialmente digeridas servem de comida para os filhotes. No Brasil, os pintassilgos encontram-se distribuídos da Bahia para o Sul.

POMBA-GOURA

Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Columbiformes
Família: Columbidae
Nome científico: Goura cristata
Nome em inglês: Common-crowned pigeon
Comprimento: 73 a 83 cm
Plumagem: azul e verde-brilhante
Ovos: geralmente 2
Período de incubação: 17 dias

Mais um condenado à extinção. Agora que o pombo gigante chamado dodó se extinguiu, a pomba-goura é o maior pombo do mundo. É uma ave de 

colorido brilhante, do tamanho de um peru pequeno. Há 3 espécies de goura, todas vivendo nas florestas na Nova Guiné. Geralmente andam pelos campos em pequenos grupos, apanhando frutos e sementes do chão. As penas do topo da cabeça formam uma crista semelhante a um leque. A ave pode erguer a crista à sua vontade, produzindo o efeito de uma bela coroa finalmente rendada. Como todos os pombos, ela alimenta seus filhotes com "leite de pombo", 

uma substância espessa parecida com coalhada, secretada no papo do pai e depois regurgitada. A pomba-goura goza da infeliz fama de bom petisco entre os nativos da Nova Guiné, tem sido caçada a ponto de desaparecer de certas regiões, e seu número diminuiu cada vez mais. A menos que sejam protegidas, elas parecem condenadas ao mesmo destino triste de seu primo, o dodó.

POMBA DOMÉSTICA

Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Columbiformes
Família: Columbidae
Nome em inglês: Rock Dove, Feral Pigeon
Nome científico: Columba livia
Comprimento: 30 cm aproximadamente
Período de incubação: 18 dias
Os filhotes passam um mês no ninho
Tempo de vida: 9 anos 

Um dos mais velhos amigos do homem. Os faraós tinham a pomba a seu serviço, há mais de 3000 anos antes de Cristo. Eles haviam reconhecido sua grande resistência e espantoso senso de direção, e usavam-na como mensageira. Mais tarde, a pomba passou a ser valorizada pelo sabor de sua carne e por sua beleza decorativa. Na verdade, há três tipos de pomba doméstica: as que são criadas para o abate; os pombos-correio, usados para levar mensagens; e as pombas ornamentais, criadas por suas qualidades decorativas. A pomba de granja comum

pode ser pintada, preto-avermelhada-cinza ou branca, e tem a vantagem de ser muito fértil. O pombo-correio, cuidadosamente criado e selecionado, é pequeno, mas tem asas grandes e enorme resistência no vôo. Sabe-se de alguns pombos que chegaram a voar mais de 960 Km. As

pombas ornamentais são criadas por causa de seu canto, por sua habilidades acrobatas ou de vôo, ou pela sua beleza. Criam-se pombos no mundo inteiro, e eles são alimentados com trigo, cevada, aveia e milho. A fêmea tem seis ninhadas por ano. São postos dois ovos de cada vez. Os filhotes são alimentados com "leite de pomba", feito de células que se formam dentro da mandíbula inferior da fêmea.

POMBO DA MATA
Um cantor incansável

Nome comum: Pombo da mata
Nome científico: Columba palumbus
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Columbiformes
Família: Columbidae
Comprimento: cerca de 40 cm
O pombo da mata é um pássaro cinza - azulado, com cauda negra, pescoço verde e roxo, e asas com manchas brancas. Empoleirado em uma árvore, ele canta sem abrir o bico. Sua garganta se avoluma e a cabeça balança para cima e para baixo, no compasso do canto. Quando nasce o

dia, começa a cantar e outros pombos o acompanham. Somente no inverno ele não canta. Essa espécie de pombo é encontrada em quase toda a Europa, norte da África, leste da Sibéria e no Irã. É um pássaro tímido que gosta de ficar oculto na folhagem. Durante o vôo, suas asas fazem um som sibilante. Sua alimentação inclui sementes, grãos, folhas, brotos, nozes, frutos e, ocasionalmente, lesmas e vermes. Vivem sempre aos pares. O macho corteja a fêmea na primavera, com batidas de asas e exibição de vôos elaborados. O ninho, bem escondido em uma árvore, é constituído em abril. Feito de gravetos, resiste a grandes tempestades. O macho e a fêmea chocam os ovos. Os filhotes, sem penas, são alimentados e protegidos pelos pais. As aves de rapina caçam esses pombos para comer; o homem, para divertir-se.
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
Brasil brasilidade busca coleções curiosidades dicionários
diversão Felipe folclore leis mensagens miscelânea